ASP .NET MVC - Criando uma aplicação básica - CRUD com dropdownlist (Iniciante) -I


 Neste artigo eu vou mostrar como criar uma aplicação ASP .NET MVC básica que realiza o CRUD em uma base de dados SQL Server usando o VS 2013 Express for Web e o Entity Framework 6.


Este artigo é uma revisão dos conceitos básicos envolvidos na criação de uma aplicação ASP .NET MVC 5 usando o Entity Framework 6.0 e o SQL Server 2008 R2.

 

É um artigo para iniciantes é mostra como usar as tecnologias mais atuais da Microsoft para acessar dados e criar uma aplicação web dinâmica : o Entity Framework e o ASP .NET MVC 5.

 

A linguagem usada pode ser tanto o Visual C# como o Visual Basic .NET. Neste artigo eu vou usar o VB .NET.

 

Você verá que o processo de criação de uma aplicação web usando MVC é relativamente simples usando essas ferramentas.

 

Vamos criar uma aplicação simples que gerencia os dados de Alunos, departamentos e assuntos e com ajuda do Scaffolding da ASP .NET MVC e do Entity Framework veremos como é fácil gerar as páginas, ou views, da aplicação e o código dos controladores de forma automática.

 

Como o artigo é dirigido a iniciantes eu vou descrever o processo passo a passo.

 

Então, acompanhe-me...

Recursos usados:

Conceitos bem básicos

O que é afinal MVC ?

A arquitetura/padrão MVC - (Modelo Visualização Controle) fornece uma maneira de dividir a funcionalidade envolvida na manutenção e apresentação dos dados de uma aplicação. A arquitetura MVC não é nova e foi originalmente desenvolvida para mapear as tarefas tradicionais de entrada , processamento e saída para o modelo de interação com o usuário. Usando o padrão MVC fica fácil mapear esses conceitos no domínio de aplicações Web multicamadas.

Na arquitetura MVC o modelo(Model) representa os dados da aplicação e as regras do negócio que governam o acesso e a modificação dos dados. O modelo mantém o estado persistente do negócio e fornece ao controlador a capacidade de acessar as funcionalidades da aplicação encapsuladas pelo próprio modelo.

Um componente de visualização(View) renderiza o conteúdo de uma parte particular do modelo e encaminha para o controlador as ações do usuário; acessa também os dados do modelo via controlador e define como esses dados devem ser apresentados.

Um controlador(Controller) define o comportamento da aplicação , é ele que interpreta as ações do usuário e as mapeia para chamadas do modelo. Em um cliente de aplicações Web essas ações do usuário poderiam ser cliques de botões ou seleções de menus. As ações realizadas pelo modelo incluem ativar processos de negócio ou alterar o estado do modelo.

Resumindo:

  1. Models - Classes que representam os dados da aplicação e que usa a lógica de validação para impor as regras de negócio para os dados;

  2. Views - Arquivos Templates que sua aplicação usa para gerar resposta HTML dinâmica;

  3. Controller - Classes que tratam as requisições do navegador, retornam os dados e então especificam templates views que retornam a resposta ao navegador para apresentação do resultado;

Como o MVC funciona ?

 

  1. A requisição chega pelo navegador

  2. As regras de roteamento são aplicadas

  3. O controlador recebe a requisição e consulta o Model

  4. O Model consulta os dados

  5. O resultado é apresentado usando templates views

O processo de criação da aplicação MVC usando ASP .NET MVC 5

A figura abaixo mostra os passos que iremos seguir para criar a nossa aplicação usando a ASP .NET MVC 5 e o Entity Framework:

Criando o projeto no Visual Studio 2013 Express for web

Abra o VS 2013 Express for web e clique em New Project;

Selecione a linguagem Visual Basic ou Visual C# (eu vou usar a linguagem VB.NET)  e o template ASP .NET Web Application;

Informe o nome Mvc_App_Crud ou outro de sua preferência e clique no botão OK;

A  seguir selecione o template Empty, marque o item MVC para criar as pastas e incluir as referências básicas ao projeto; finalmente clique no botão OK:

 

Ao final teremos uma solução criada com a seguinte estrutura exibida na janela Solution Explorer:

 

 

Notamos que o projeto já foi criado com uma estrutura contendo as seguintes pastas:

Além disso temos o leiaute e o estilo da página gerados com os recursos do Twitter BootStrap.

 

Podemos alterar alguns arquivos ajustando-os para a nossa necessidade. Eu vou alterar alguns dados dos arquivos _Layout.vbhtml, /Home/Index.vbhtml ,/Home/Contact.vbhtml e /Home/About.vbhtml apenas para dar uma personalizada no texto do projeto.(isso não é necessário para que a aplicação funcione é apenas uma customização que não é obrigatória)

 

Definindo o Model - Incluindo um Entity Data Model (EDM) no projeto

Agora vamos definir nosso modelo de dados e vamos fazer isso incluindo um Entity Data Model na pasta Models do projeto.

Vamos usar como exemplo um pequeno banco de dados chamado Escola criado no SQL Server via SQL Server Management Studio contendo as tabelas : Aluno, Departamento, Assunto.

Abaixo vemos a estrutura de cada tabela:

Aluno Departamento Assunto

Os campos AlunoID, DepartamentoID e AssuntoID são chaves primárias do tipo Identity.

Nota:Vamos incluir alguns dados na tabela Departamento e Assunto apenas para testes em nossa aplicação visto que iremos criar inicialmente o controlador para o Aluno e a na view para incluir um Aluno é necessário informar o departamento e o assunto.

O relacionamento entre as tabelas e visto no diagrama abaixo:

Para incluir um Entity Data Model clique com o botão direito sobre a pasta Models e a seguir em Add -> New Item;

A seguir clique em Data e selecione ADO .NET Entity Data Model e informe o nome Escola e clique no botão Add;

 

A seguir selecione a opção : EF Designer from database pois vamos gerar o EDM a partir do banco de dados que já existe:

Selecione o servidor SQL Server e o banco de dados Escola e clique no botão OK;

Aceite os valores gerados pelo assistente a partir do banco de dados selecionado e clique no botão Next>;

Selecione as tabelas Aluno, Assunto e Departamento e aceite o nome gerado e clique no botão Finish;

Será gerado o modelo de entidades conforme a figura a seguir:

Nota: Eu alterei o nome da propriedade Assunto para AssuntoInfo na entidade Assunto para evitar conflito de nome com o nome da entidade.

Para concluir compile o projeto e verifique se não há erros.

Na segunda parte do artigo vamos criar o controlador para a entidade Aluno e gerar as views para podemos realizar as operações básicas(CRUD) com alunos.

Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.
João 8:12

Veja os Destaques e novidades do SUPER DVD Visual Basic (sempre atualizado) : clique e confira !

Quer migrar para o VB .NET ?

Quer aprender C# ??

Quer aprender os conceitos da Programação Orientada a objetos ?

Quer aprender o gerar relatórios com o ReportViewer no VS 2013 ?

  Gostou ?   Compartilhe no Facebook   Compartilhe no Twitter

Referências:


José Carlos Macoratti