ASP .NET MVC -  CRUD com Fluent NHibernate - I

 

 Neste artigo vou mostrar como realizar as operações CRUD em uma aplicação ASP .NET MVC usando o NHibernate e realizando o mapeamento com o Fluent NHibernate.

Na seção  NHibernate - Macoratti.net você vai encontrar muitos artigos que eu já escrevi mostrando como usar os recursos do NHibernate.

Se você já chegou a usar o NHibernate e não conhece o Fluent NHibernate, deve saber que gerar os arquivos de mapeamento (.hbm) dá muito trabalho e é uma tarefa que esta sujeita a erros.

Assim, se esse era um quesito que o desmotivava a usar o NHibernate, fique sabendo que agora você não tem mais essa desculpa.

O Fluent NHibernate chegou (a um bom tempo por sinal) para auxiliar a realização dos mapeamentos das suas entidades com o seu banco de dados. Com ele podemos realizar o mapeamento via código sem ter que usar os arquivos .hbm.

Dessa forma o Fluent NHibernate oferece uma alternativa aos arquivos de mapeamento XML padrão do NHibernate. Ao invés de escrever documentos XML (arquivos .hbm.xml), o Fluent NHibernate permite que você escreva mapeamentos fortemente tipados usando código C# ou VB .NET.

Isso permite um fácil refatoramento, melhora a legibilidade e o código fica mais conciso.

Apenas para comparar veja abaixo um exemplo de um arquivo de mapeamento .hbm gerado, e, sua contrapartida usando o Fluent NHibernate:       

(fonte: https://github.com/jagregory/fluent-nhibernate/wiki/Getting-started)

<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>  
<hibernate-mapping xmlns="urn:nhibernate-mapping-2.2"  
  namespace="QuickStart" assembly="QuickStart">  
  <class name="Cat" table="Cat">  
    <id name="Id">  
      <generator class="identity" />  
    </id>  
    <property name="Name">  
      <column name="Name" length="16" not-null="true" />  
    </property>  
    <property name="Sex" />  
    <many-to-one name="Mate" />  
    <bag name="Kittens">  
      <key column="mother_id" />  
      <one-to-many class="Cat" />  
    </bag>  
  </class>  
</hibernate-mapping>

 

public class CatMap : ClassMap<Cat>
{
  public CatMap()
  {
    Id(x => x.Id);
    Map(x => x.Name)
      .Length(16)
      .Not.Nullable();
    Map(x => x.Sex);
    References(x => x.Mate);
    HasMany(x => x.Kittens);
  }
}

 

Arquivo XML .hbm código Fluent NHibernate equivalente

O Fluent NHibernate pode ser baixado no seguinte link:  http://www.fluentnhibernate.org/ ou se preferir via Nuget.

Neste artigo eu vou criar um projeto ASP .NET MVC  (linguagem C#),  e, usar o NHibernate e o Fluent NHibernate para definir as classes POCO do mapeamento via código para criar as tabelas em tempo de execução no SQL Server 2012.

Recursos usados

Objetivos

Aprendizado

Criando o projeto no VS Community

Abra o VS Community 2015  e clique em New Project;

A seguir selecione Visual C# -> Web -> ASP .NET Web Application;

Informe o nome CRUD_FluentNHibernate e clique no botão OK;

Selecione o template Empty e marque a opção MVC, sem autenticação, conforme figura a seguir:

Vamos agora incluir a referência no projeto ao NHibernate e ao Fluent NHibernate via Nuget.

No menu Tools clique em Nuget Manager Package e a seguir em Manage Nuget Packages for Solution;

Localize o pacote do FluentNhibernate e instale-o no projeto:

Ao final da operação teremos as referências ao NHibernate 4.0 e ao Fluent Nhibernate em nosso projeto.

Definindo a fonte e o modelo de dados

Para este exemplo eu vou usar o banco de dados chamado Cadastro.mdf e a tabela Alunos que possui a seguinte estrutura:

USE [Cadastro]
GO
SET ANSI_NULLS ON
GO
SET QUOTED_IDENTIFIER ON
GO
CREATE TABLE [dbo].[Alunos](
	[Id] [int] IDENTITY(1,1) NOT NULL,
	[Nome] [nvarchar](50) NOT NULL,
	[Email] [nvarchar](100) NOT NULL,
	[Curso] [nvarchar](50) NULL,
	[Sexo] [nvarchar](50) NULL,
 CONSTRAINT [PK_Alunos] PRIMARY KEY CLUSTERED 
(
	[Id] ASC
)WITH (PAD_INDEX = OFF, STATISTICS_NORECOMPUTE = OFF, IGNORE_DUP_KEY = OFF, ALLOW_ROW_LOCKS = ON, ALLOW_PAGE_LOCKS = ON) ON [PRIMARY]
) ON [PRIMARY]
GO

 

Estrutura da Tabela Aluno Script SQL para gerar a tabela Alunos

Aproveite para incluir alguns dados na tabela alunos para efeito de testes.

Agora vamos criar na pasta Models do projeto a nossa classe de domínio que é uma classe POCO que representa um aluno.

Clique com o botão direito sobre a pasta Models e a seguir em Add Class, informe nome Aluno e digite o código abaixo para a classe Aluno:

 public class Aluno
 {
            public virtual int Id { get; set; }
            public virtual string Nome { get; set; }
            public virtual string Email { get; set; }
            public virtual string Curso { get; set; }
            public virtual string Sexo { get; set; }
 }

Vamos criar agora a nossa classe de mapeamento usando o FluentNHibernate que mapeará a nossa classe de modelo(Aluno) para a tabela Alunos do banco dados.

Clique com o botão direito sobre a pasta Models e a seguir em Add Class, informe nome AlunoMap e digite o código abaixo para a classe:

using FluentNHibernate.Mapping;
namespace Crud_FluentNHibernate.Models
{
    class AlunoMap : ClassMap<Aluno>
    {
        public AlunoMap()
        {
            Id(x => x.Id);
            Map(x => x.Nome);
            Map(x => x.Email);
            Map(x => x.Curso);
            Map(x => x.Sexo);
            Table("Alunos");
        }
    }
}

Neste código mapeamos as propriedades definidas na classe Aluno para os campos da tabela Alunos definida na propriedade Table do Fluente NHibernate.

Usamos aqui as expressões lambdas que são funções podem conter expressões e declarações que são usadas para criar delegates e árvores de expressões onde o tipo das variáveis não precisam ser declarados visto que elas usam métodos anônimos.

Para saber mais sobre expressões lambdas veja o meu artigo: .NET - Expressões Lambdas

Vamos agora criar a classe NHibernateHelper que irá realizar a conexão com o banco de dados SQL Server.

Clique com o botão direito sobre a pasta Models e a seguir em Add Class, informe nome NHibernateHelper e digite o código abaixo para a classe:

using FluentNHibernate.Cfg;
using FluentNHibernate.Cfg.Db;
using NHibernate;
using NHibernate.Tool.hbm2ddl;
namespace Crud_FluentNHibernate.Models
{
    public class NHibernateHelper
    {
        public static ISession OpenSession()
        {
            ISessionFactory sessionFactory = Fluently.Configure()
                .Database(MsSqlConfiguration.MsSql2012
                  .ConnectionString(@"Data Source=(localDB)\v11.0;Initial Catalog=Cadastro;Integrated Security=True")
                              .ShowSql()
                )
               .Mappings(m =>
                          m.FluentMappings
                              .AddFromAssemblyOf<Aluno>())
                .ExposeConfiguration(cfg => new SchemaExport(cfg)
                                                .Create(false, false))
                .BuildSessionFactory();
            return sessionFactory.OpenSession();
        }
    }
}

No código acima criamos o método OpenSession que será responsável por disponibilizar uma session que representa o nosso contexto. Nesta classe temos a string de conexão com o banco de dados Cadastro.mdf do SQL Server 2012.

Na segunda parte do artigo vamos definir o controlador e os métodos para realizar o CRUD.

Aquele que diz: Eu conheço-o (Jesus), e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.
1 João 2:4

Veja os Destaques e novidades do SUPER DVD Visual Basic (sempre atualizado) : clique e confira !

Quer migrar para o VB .NET ?

Quer aprender C# ??

Quer aprender os conceitos da Programação Orientada a objetos ?

Quer aprender o gerar relatórios com o ReportViewer no VS 2013 ?

Referências:


José Carlos Macoratti