.NET  -  Você já esta usando Padrões de Projeto (mesmo sem perceber)


  Mesmo se você for um iniciante na área de desenvolvimento de software, provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre padrões de projetos, princípios SOLID e sobre boas práticas de programação.

E como todo iniciante que deseja ser um bom desenvolvedor, você deve estar ansioso para aprender e para usar os tais padrões de projeto em suas aplicações, não é mesmo ???

Pois, e se eu lhe disser que muito provavelmente você já esta usando padrões de projeto sem perceber ?

Não acredita ???

Se você usa a plataforma .NET, quer seja com C# ou VB .NET, provavelmente você vai ter se deparado com um dos cenários que eu vou mostrar a seguir provando que você esta usando padrões de projeto.

Então vamos à prova dos nove...

1-  Padrão MVC

Se você já criou uma aplicação ASP  .NET MVC, por simples que seja, você já deve saber que o MVC é um padrão de projeto e que este padrão divide a funcionalidade da sua aplicação web em 3 partes distintas :  models, views e controllers.

Cada parte é responsável por realizar um trabalho específico. Assim models representam os dados da aplicação, as views são responsável pela interface com o usuário e os controllres são responsáveis pela interação e o fluxo entre os models e as views.

Assim, você esta usando um padrão de projeto bem antigo aplicado à sua aplicação web.

2-  Padrão Decorator

Seja em aplicações C# ou VB .NET é muito provável que você tenha usado as classes Streams do namespace System.IO. Veja abaixo uma figura representando a hierarquia de classes desse namespace:

Pois bem, as classe BufferedStream, FileStream, etc, usam o padrão Decorator para 'decorar' o objeto stream. Assim você pode passar qualquer instância de stream para um construtor BufferedStream e então tratar o objeto que vai manipular o stream que você passou.

3- Padrão Factory

Dê uma espiada na linha de código a seguir : 

 int i = Convert.ToInt32("1234")       //      Dim i As Integer = Convert.ToInt32("1234")

Este código converte um string para inteiro e usa o método ToInt32().

Assim você passa uma string para o método e ele cria um novo inteiro para você atribuindo o novo inteiro criado para a variável i.

Pois saiba que você acabou de aplicar o padrão Factory no seu código.

4-  Padrão Iterator

Por acaso você já usou o laço foreach/ For Each que realiza a iteração através de uma coleção ?

Então você já usou o padrão Iterator.

Como um loop basicamente itera através de um IEnumerable sobre um conjunto de objetos. 

O padrão Iterator permite que você realize o acesso sequencial em uma coleção de objetos.

5 - Padrões Repository e Unit of Work

Já criou uma aplicação usando o Entity Framework ?

Então você já usou os padrões de projeto Repository e Unit of Work.

Saiba que o Entity Framework implementa os padrões de projeto Repository e Unit of Work.

O padrão Repository permite que você trabalhe com seus dados como se fosse uma coleção. Métodos como Add() e Remove() fazem o trabalho para você.

O padrão Unit Of Work mantém o controle de suas operações (adicionar/modificar/excluir) durante uma transação comercial e realiza estas operações na base de dados como uma única unidade. 

O método SaveChanges() executa essas operações em uma transação como uma unidade de trabalho.

6- Padrão Builder

Já definiu uma string de conexão com uma base de dados ?

Pois então você já uso o padrão Builder.

As classes de Connection String Builder demonstram a utilização do padrão Builder:

string connectionString = new SqlConnectionStringBuilder
{
       DataSource = "localhost",
       InitialCatalog = "MyDatabase",
       IntegratedSecurity = true,
       Pooling = false
}.ConnectionString;

7-  Padrão Observer

Já usou eventos  ?

Pois então você usou o padrão Observer.

O padrão Observer é um padrão comum que permite que uma classe assista a eventos de outra classe.

A partir da versão 4 da plataforma .NET, este padrão é suportado em duas formas:

Eu poderia continuar mas creio que você já esta convencido de que tem usado os padrões de projeto, de que eles são muito importantes e de que eles estão por todo lado na plataforma .NET.

Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Mateus 6:24

Veja os Destaques e novidades do SUPER DVD Visual Basic (sempre atualizado) : clique e confira !

Quer migrar para o VB .NET ?

Quer aprender C# ??

Quer aprender os conceitos da Programação Orientada a objetos ?

Quer aprender o gerar relatórios com o ReportViewer no VS 2013 ?

Quer aprender a criar aplicações Web Dinâmicas usando a ASP .NET MVC 5 ?

 

  Gostou ?   Compartilhe no Facebook   Compartilhe no Twitter

 

Referências:


José Carlos Macoratti