C# -  Usando Filtros em Exceções (Exceptions Filters)


 Neste artigo vou apresentar as Exceptions Filters, ou filtros em exceções, o novo recurso da versão 6.0 da linguagem C#.

O recurso Exception Filters é um novo recurso introduzido na versão C# 6.0
que permite executar blocos try/catch com base em uma condição específica quando ocorre uma exceção.

Nota:  Esse recurso já existia no VB .NET.

Isso significa que em um bloco try/cacth, com vários blocos catch, podemos decidir qual bloco catch deverá ser executado segundo um critério pré-definido, especificando uma condição no block catch.

Isso pode ser implementado facilmente adicionando a condição when junto com os blocos catch

try
{
    // código passível de erro 
}
catch (Exception e) when (Filtro(e))
{
    // acão
}

Por exemplo, no código a seguir, estamos forçando uma exceção fazendo uma divisão por zero, e,  definindo duas condições em cada bloco catch.

        static void Main(string[] args)
        {
            Console.WriteLine("Forçando uma exceção na divisão por zero");
            int i = 5;
            try
            {
                int a = 0;
                int b = 5;
                int c = b / a;
            }
            catch (Exception) when (i > 5)
            {
               Console.WriteLine("Exceção com condição i > 5");
            }
            catch (Exception) when (i <= 5)
            {
                Console.WriteLine("Exceção com condição i <= 5");
            }
            Console.ReadKey();
        }

No primeiro bloco catch definimos que quando ocorrer a exceção ele será executado se o valor de i for maior que 5.

No segundo bloco catch definimos que ao ocorrer a exceção ele será executado se o valor de i for menor ou igual a 5.

Como o valor de i é igual a 5, temos que o segundo bloco catch será executado. Conforme mostra a figura a lado do código.

Mas não conseguiríamos o mesmo resultado definindo o código para as condições dentro do bloco de captura ?

É lógico que sim, mas existe uma diferença fundamental.

Se sua condição esta no bloco catch, você esta capturando a exceção e então verificando a condição, enquanto que usando Exception Filters você esta verificando a condição antes de capturar a exceção.

Se a condição não for satisfeita, o bloco catch será ignorado e o código se move para verificar se existem outros blocos catch que correspondem à exceção. Certo !!!!

Podemos usar esse recurso de diversas formas, como no exemplo a seguir, onde estamos redirecionando para uma página em uma aplicação web.

    protected void Page_Load(object sender, EventArgs e)  
    {  
        try  
        {  
            //Chamando uma página que pode não existir  
            Response.Redirect("~/Admin/Login.aspx");  
        }  
        catch (HttpException hex) if(hex.GetHashCode==400)  
        {   
            lblMessage.Text="Este página não foi encontrada !";  
        }  
        catch (HttpException hex) if(hex.GetHashCode==500)  
        {   
            lblMessage.Text="Erro interno do servidor !";  
        }  
    } 

Fazendo o tratamento de exeção e usando o Exeption Filters podemos definir o bloco a ser executado com base no código do erro que gerou a exceção.

Ao usar este recurso prefira capturar e relançar a exceção pois dessa forma você mantém a pilha intacta. Se posteriormente uma exceção fizer com que a pilha seja despejada, você poderá ver a fonte original dela, em vez de apenas o último local onde o erro ocorreu.   

Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados.
Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra.

Tito 1:15,16

 

Veja os Destaques e novidades do SUPER DVD Visual Basic (sempre atualizado) : clique e confira !

Quer migrar para o VB .NET ?

Quer aprender C# ??

Quer aprender os conceitos da Programação Orientada a objetos ?

Quer aprender o gerar relatórios com o ReportViewer no VS 2013 ?

Quer aprender a criar aplicações Web Dinâmicas usando a ASP .NET MVC 5 ?

 

  Gostou ?   Compartilhe no Facebook   Compartilhe no Twitter

 

Referências:


José Carlos Macoratti