Angular 4 - Criando uma aplicação com Angular CLI - I


 Neste artigo vou mostrar como podemos criar uma aplicação Angular 2/4 bem simples usando a ferramenta de linha de comando CLI.

Se você esta chegando agora e não sabe o que é esse tal de Angular 2/4, leia os artigos abaixo que mostram como configurar o ambiente e criar uma aplicação usando a nova versão do Angular.

Nota: Quando eu escrevi este artigo estava sendo anunciado o Angular 5 como um beta. A versão estável atual é a versão 4.

O objetivo deste artigo é criar uma aplicação Angular 4 bem simples mostrando como usar a ferramenta CLI para automatizar a criação de classes, serviços, etc.

Para criar essa app temos que instalar os seguintes produtos: Nodejs, TypeScript, Angular e Angular CLI e usar um editor de código que para o exemplo deste artigo será o Visual Studio Code.

Todas essas ferramentas são gratuitas.

Recursos usados:

O que é o Angular CLI  ?

O Angular CLI é o assistente oficial para criação e gerenciamento de aplicações com o Angular.(tanto na versão 2 como na versão 4)

Ele automatiza tarefas de criação de projetos, componentes, serviços, filtros , módulos, diretivas, etc.  facilitando assim a vida do desenvolvedor.

Na tabela abaixo temos os comandos e o recurso a ser criado:

O que você deseja criar Comando usado
 Componente (Component)  ng g component nome-do-componente
 Diretiva (Directive)  ng g directive nome-da-diretiva
 Filtro (Pipe)  ng g pipe nome-do-filtro
 Serviço (Service)  ng g service nome-do-servico
 Módulo (Module)  ng g module nome-do-modulo

Nota : ng é o comando e g é a abreviação de generate

Para saber mais leia o artigo : Angular 2 - Apresentando o Angular CLI - I - Macoratti.net

Verificando o ambiente

Vamos criar uma aplicação chamada Tarefas e antes de continuar você deve verificar se o seu ambiente esta com todos os recursos instalados.

Para fazer isso digite os comandos a seguir em um terminal de comando:(Estou usando o PowerShell)

 

1- Verificar versão do NodeJs :  node -v

2- Verificar versão do TypScript : tsc -v

3- Verificar versão do Angular CLI : ng version

Com o seu ambiente devidamente configurado crie uma pasta onde você deseja guardar o projeto. Para o exemplo deste artigo eu criei uma pasta chamada Angular4.

Criando a aplicação Tarefas usando o Angular CLI

Entre na pasta Angular4 e crie a aplicação Tarefas usando o comando : ng new Tarefas

Durante a execução estão sendo realizadas as seguintes tarefas:

- um novo diretório chamado Tarefas é criado;
- todos os arquivos e diretórios de origem para a sua nova aplicação angular são criados com base no guia oficial de Estilo Angular
- as dependências NPM são instalados
- o TypeScript será configurado para você
- o executor de testes unitários Karma será configurado para você
- o framework de teste end-to-end Protractor será configurado para você
- os arquivos de ambiente com configuração padrão são criados;


Note que são criados os arquivos e as pastas necessárias para a nossa aplicação e que as dependências já foram instaladas na pasta node_modules.
 

Abrindo o projeto no VS Code
 

Ao termino do processo vamos entrar na pasta Tarefas e abrir o projeto no Visual Studio Code digitando : code .

Veremos o projeto aberto no VS Code  exibindo os seguintes arquivos :

Eu destaquei apenas os arquivos principais :
  1. “e2e” - pasta contendo os arquivos de testes e configurações para realizar testes;
  2. “node_modules” - pasta contendo todos os pacotes restaurados a partir das dependências definidas no arquivo package.json;
  3. “src/” - pasta da aplicação principal que contém a pasta app, os templates HTML, os componentes, módulos, etc.;
  4. "app" - pasta contendo o arquivo de  módulo, e componente, sua view, arquivo de estilo, testes, etc.;
  5. “main.ts" -  arquivo que inicia a aplicação; 
  6. "tsconfig.json, index.html, etc” - arquivos essenciais necessários para rodar a aplicação;
  7. “packages.json” - contém a referência a todos os pacotes necessários para a nossa aplicação Angular 2;

Na pasta app temos os seguintes arquivos:

  • app.component.css - arquivo de estilo;
  • app.component.html - arquivo html contendo código HTML que será exibido na view;
  • app.component.spec.ts - arquivo de testes;
  • app.component.ts - arquivo principal que possui a lógica da aplicação;
  • app.module.ts - arquivo de módulo que agrupa os componentes, diretivas, pipes e serviços usados na aplicação

A sintaxe dos nomes dos arquivos segue o guia de estilo do Angular : https://angular.io/guide/styleguide

Obs:  Neste exemplo eu não vou criar testes e por isso não vou criar arquivos de testes e vou remover os arquivos terminados em *spec.ts

 

Para executar a aplicação digite : ng serve e a seguir abra o navegador na seguinte URL :  http://localhost:4200

Você deverá visualizar a página acima.

Muito bem nossa aplicação esta funcionando. Nos bastidores, acontece o seguinte:

1- o Angular CLI carrega a sua configuração a partir do arquivo angular-cli.json
2- o Angular CLI executa o Webpack para construir e agregar todo o código JavaScript e CSS
3- o Angular CLI inicia o servidor Webpack dev para pré-visualizar o resultado em localhost: 4200

Se você espiar a janela de comandos vai notar que o comando ng serve, que levanta a aplicação, não retorna para o seu prompt de comando.

Em vez disso, e porque ele inclui o suporte LiveReload, o processo monitora ativamente a sua pasta src para carregar arquivos. Quando uma mudança em qualquer arquivo do projeto for detectada ele vai atualizar a página automaticamente.

Se quiser encerrar o processo digite CTRL+BREAK na janela de comandos. Isso vai parar o servidor e encerrar sua aplicação.

Se você chegou até aqui então seu projeto esta sem erros e estamos prontos para continuar.

Adicionando a classe Tarefa ao projeto

Vamos criar uma classe chamada Tarefa que será o nosso modelo de domínio representando uma tarefa.

Na janela de comandos, estando na pasta Tarefas digite o comando : ng generate class Tarefa

Nota: se você quiser gerar também o arquivo de teste tarefa.spec.ts use o comando :  ng generate class Tarefa --spec

O Angular CLI vai criar o arquivo tarefa.ts na pasta src/app e irá ajustar automaticamente as letras do nome do arquivo e do nome da classe para você.

Abrindo o projeto no VS Code e visualizando o código arquivo teremos o seguinte resultado :

Vamos incluir na definição da classe que cada instância de Tarefa deverá ter 3 propriedades : 

Vamos definir também um construtor que permitirá especificar os valores destas propriedades durante a instanciação como por exemplo:(código TypeScript)

let tarefa = new Tarefa({
  titulo: 'Estudar Angular4',
  concluida: false
});

Com base nisso, o código deve ficar assim :

Na próxima parte do artigo vamos criar o serviço e definir os métodos para gerenciar os itens de tarefa

Disseram-lhe, pois: Onde está teu Pai? Jesus respondeu: Não me conheceis a mim, nem a meu Pai; se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai.
João 8:19

Veja os Destaques e novidades do SUPER DVD Visual Basic (sempre atualizado) : clique e confira !

Quer migrar para o VB .NET ?

Quer aprender C# ??

Quer aprender os conceitos da Programação Orientada a objetos ?

Quer aprender o gerar relatórios com o ReportViewer no VS 2013 ?

Referências:


José Carlos Macoratti