Docker - Uma introdução básica - II

 Neste artigo vou apresentar os conceitos básicos relativos ao Docker sob o ponto de vista de um desenvolvedor .NET.

Hoje vamos instalar o Docker e aprender a criar contêineres a partir de imagens existentes.

Instalando o Docker

O Docker é baseado na tecnologia LXC (Linux Containers) mas existem atualmente versões para Windows e Mac.

A seguir temos os links para cada uma das instalações :

  1. Docker para Mac - Docker Community Edition for Mac
  2. Docker para Windows - Docker Community Edition for Windows

Para estes ambientes basta fazer o login, verificar os pré-requisitos, baixar o pacote e instalar.

Você pode acompanhar os artigos usando o Docker no ambiente Windows ou Mac.

Nota:  Você também pode instalar o Ubuntu em uma máquina virtual no Windows

Eu vou usar o Docker em uma máquina Linux física com a distribuição Ubuntu LTS 18.04.1.

Existem duas versões do Docker disponíveis :

As duas versões possuem acesso a toda a API (até agora). A versão EE possui um ambiente homologado pelo Docker com uma infraestrutura certificada. Na versão CE você tem que fazer tudo manualmente.

Eu vou instalar a versão Docker Community Edition(CE) que é voltada para desenvolvedores.

Seguindo a documentação para instalação, abra um terminal no Ubuntu e faça o seguinte:

  1. Atualize o pacote apt  

           $ sudo apt-get update

  1. Instale os pacotes para permitir o apt usar o repositório sobre HTTPS

    $ sudo apt-get install \
    apt-transport-https \
    ca-certificates \
    curl \
    software-properties-common

  1. Adicione a chave GPG do Docker

          $ curl -fsSL https://download.docker.com/linux/ubuntu/gpg | sudo apt-key add -

  1. Configure o repositório( X86_64/ amd64 )
   $ sudo add-apt-repository \
        "deb [arch=amd64] https://download.docker.com/linux/ubuntu \
        $(lsb_release -cs) \
        stable"
  1. Atualize os pacotes apt

          $ sudo apt-get update

  1. Instale a última versão do Docker CE

          $ sudo apt-get install docker-ce

Pronto ! Para saber se a instalação foi realizada com sucesso digite o comando : docker --version

Você deverá ver a versão do Docker Instalada que no meu caso é a versão 18.06.1-ce.

Agora digite o comando : docker --help

Você deverá ver a ajuda exibindo os comandos Docker.

Dessa forma a palavra-chave docker é o driver que executa os comandos e os argumentos usados na linha de comando.

Criando o seu primeiro Contêiner Docker : Hello World

O principal objetivo do Docker é criar e gerenciar contêineres. Vamos então criar o nosso primeiro contêiner Docker.

Estamos usando o modo Client do Docker e vamos usar o modo iterativo do Docker como um usuário.(Existe também o modo daemon no qual o contêiner fica rodando como processo em background)

Abra o terminal e digite o comando:  docker container run hello-world

  • docker - é o executor do comando

  • container  - indica que o comando vai atuar em um contêiner

  • run - é a porta de entrada no Docker e agrupa as seguintes funcionalidades básicas :

    • Download automático das imagens não encontradas localmente: docker image pull

    • Criação do container: docker container create

    • Execução do container: docker container start

    • Uso do modo interativo: docker container exec

  • hello-world - é a imagem existente usada para criar o contêiner

Abaixo vemos o resultado da execução do comando:

O que aconteceu aqui ???

O Docker tentou localizar a imagem hello-world usada na sua máquina local e não encontrou.

Daí ele baixou a imagem do repositório Docker hub como mostrada abaixo:    



Executou o contêiner e exibiu o texto :  Hello from Docker

Concluindo ele informou que a instalação do Docker esta ok.

Para listar os processos dos contêineres em execução usamos o comando : docker container ps

Note que o contêiner que criamos não aparece, pois ele foi executado e encerrado, e não esta em execução.

Para exibir todos os contêineres em execução e os parados digite : docker container ps -a

Agora vemos o contêiner criado a partir da imagem hello-world exibindo o seu container id e sendo identificado pelo nome frosty_pare; temos também a data de criação(created) e o status do contêiner.

Nota: Voce pode usar ou não palavra container nestes comandos, mas recomenda-se usar para deixar claro que o comando atua sobre contêineres.

Pronto. Você criou o primeiro contêiner Docker usando o comando:

docker container run <nome_da_imagem>

O comando run faz o download da imagem, cria o contêiner, executa o contêiner e permite o uso do contêiner no modo interativo.

Na próxima aula vamos continuar explorando o Docker e a criação de contêineres.

Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.
João 1:18

Veja os Destaques e novidades do SUPER DVD Visual Basic (sempre atualizado) : clique e confira !

Quer migrar para o VB .NET ?

Quer aprender C# ??

Quer aprender os conceitos da Programação Orientada a objetos ?

Quer aprender o gerar relatórios com o ReportViewer no VS 2013 ?

  Gostou ?   Compartilhe no Facebook   Compartilhe no Twitter

Referências:


José Carlos Macoratti